Política

16-12-2022 10:47 - POLlTICA

"A seleção de futebol está nos ensinando que se ganha em conjunto", afirma presidente argentino

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, destacou o papel das universidades públicas e da pesquisa no país e fez uma comparação entre os cientistas argentinos e a seleção de futebol que disputará a final da Copa do Mundo no domingo, afirmando que o "segredo" é saber que o jogo e a vitória consegue-se "em equipe".

Telam SE
16-12-2022 | 10:47
O presidente Alberto Fernndez
O presidente Alberto Fernández

O Chefe de Estado liderou a inauguração das obras de valorização dos edifícios do Instituto de Física de La Plata (IFLP) e do Centro de Química Inorgânica (Cequinor) da Universidade Nacional de La Plata, nos quais foram investidos mais de 1.5 bilhão de pesos (cerca de 5 milhões de dólares), incluindo nesse valor tanto as obras de construção quanto as de consolidação.

No início do ato, Fernández –formado, e professor da Universidade de Buenos Aires- elogiou principalmente a "enorme" casa de estudos superiores de La Plata e destacou o "orgulho" comum de todos aqueles que passaram pela educação superior pública argentina: "Nada nos diferencia, todos temos o mesmo orgulho, os mesmos objetivos".

Acompanhado pelo Ministro da Ciência, Daniel Filmus; pela chefe de Desenvolvimento Social, Victoria Tolosa Paz; e pelo ministro da Produção da província de Buenos Aires, Augusto Costa, o presidente fez um discurso em que traçou um paralelo entre a dedicação dos cientistas argentinos, sua qualidade individual e capacidade de trabalho em grupo, com o que foi feito pela seleção de futebol na Copa do Mundo no Catar.

Finalmente, o Presidente disse que enquanto depender dele, "o dinheiro que a ciência precisar", continuará sendo outorgado, "porque esse é o futuro da Argentina" e "só assim seremos um grande país, um país soberano".

Você pode gostar