Economia

15-12-2022 11:56 - ECONOMIA

Governo argentino fecha acordo de preços com empresas de insumos industriais básicos

O governo argentino chegou a um acordo de preços com empresas fabricantes de insumos difundidos como alumínio, papelão, vidro e produtos químicos, permitindo assim traçar um caminho de previsibilidade para os próximos quatro meses.

Telam SE
15-12-2022 | 11:56
Acordo de preos com empresas de insumos industriais bsicos
Acordo de preços com empresas de insumos industriais básicos

O ministro da Economia, Sergio Massa, enfatizou que "este acordo dá a possibilidade de que todas as empresas que participam dos processos produtivos na Argentina tenham previsibilidade" em seus insumos industriais básicos, no encerramento da reunião realizada no Ministério da Economia.

Massa explicou que o entendimento com as empresas realizado no âmbito da Secretaria do Comércio prevê reajustes de preços de 3,9% nos próximos quatro meses.

“Isso permitirá que a rede de 41 mil PMEs que fazem parte da cadeia de valor tenha a possibilidade de planejar o polietileno, o alumínio e o papelão como processo produtivo de bens e insumos nas cadeias de valor”, disse o ministro.

Este ordenamento de valores de insumos industriais básicos como alumínio, papelão, vidro e produtos químicos e petroquímicos “acompanha o programa de Preços Justos”, realizado pelo Governo Argentino para produtos de consumo de massa da população.

Você pode gostar