Economia

23-11-2022 12:51 - ECONOMIA

A OCDE eleva as projeções de crescimento da Argentina deste ano para 4,4%

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) elevou a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) argentino de 3,6% para 4,4% para este ano, e de 0,4% para 0,5% para o próximo, enquanto estima uma queda na inflação a partir de 2023.

Telam SE
23-11-2022 | 12:51
Crescimento do Produto Interno Bruto PIB
Crescimento do Produto Interno Bruto (PIB)

Para 2022, a entidade prevê um crescimento do PIB de 4,4% para a Argentina - após os 10,4% registrados em 2021 -, apesar de prever contrações no terceiro e quarto trimestres. Por seu lado, estima que o PIB cresça 0,5% em 2023 e 1,8% em 2024.

Segundo a entidade, o acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) "reduziu significativamente a incerteza sobre as políticas macroeconômicas de curto prazo", embora indicasse que a situação externa do país é "frágil".

A inflação é outro problema apontado pela OCDE: o relatório prevê um aumento de preços de 92% no final deste ano com uma desaceleração gradual para 81,2% em 2023 e 58,8% em 2024.

Para o organismo, a política seguida pelo ministro da Economia, Sergio Massa, de redução do financiamento monetário "vai reduzir as pressões inflacionárias no médio prazo, diminuindo a diferença entre o câmbio oficial e o paralelo, e reduzindo os riscos de desvalorização".

Você pode gostar