| ECONOMIA

Crédito para PMEs foi 40% maior em agosto do que a média de 2019

Os financiamentos em pesos para as pequenas e médias empresas apresentaram em agosto “um desempenho melhor que o crédito total”, pois aumentou 4,5% em termos reais em agosto, quando comparado com julho, e está 14% acima da média de 2020 e 40% acima da média de 2019, destacou hoje o levantamento realizado mensalmente pela Associação de Industriais Metalúrgicas (Adimra).

Telam SE
26-10-2021 | 20:48
Desta forma, destacou que o crédito às PMEs "marca 17 meses consecutivos de crescimento consecutivo", enquanto o financiamento ao conjunto do setor privado não financeiro cresceu em agosto apenas 1,2% em termos reais, em relação a julho, com uma redução ano-a-ano de 11,4% e um estoque que se mantém relativamente constante desde abril.

Pequenas e mdias empresas
Pequenas e médias empresas

Em setembro, verificou-se uma leve redução das taxas de juros bancários no segmento PMEs para descontos em cheques e empréstimos com assinatura única, enquanto as taxas de adiantamento em conta corrente foram superiores às do mês anterior, acrescentou a Adimra.

Em média, detalha o relatório, “esses três instrumentos estão 7,6 pontos percentuais acima do mesmo período de 2020”. Durante o mês de setembro, o valor movimentado pelas PMEs com desconto em cheques cresceu 100% ano-a-ano a preços constantes (a uma taxa média anual de 28,8%) e representou 40,7% dos valores operados pelo segmento no mercado bancário.

También te puede interesar