13/10/2021 ECONOMIA

Exportao de carne bovina em conserva para a China ampliada

O governo nacional lanou hoje a ampliao das exportaes de carne de vaca em conserva (categorias D e E) para a China, por um estoque equivalente a 140 mil animais com possibilidade de abate, juntamente com a definio do sistema de cotas que ser concedido s empresas exportadoras.

Desta forma, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca formalizou o acordo alcançado com os governadores das províncias pecuárias e as entidades que integram a Mesa de Enlace há duas semanas, quando foram feitos os anúncios.

Exportação de carne bovina
Exportao de carne bovina

Com isso, essa expansão dos envios para a China, que hoje absorve 75,9% dos embarques totais do país, se somará às 289.033 toneladas de peso do produto que foram exportadas para o gigante asiático até agosto.

A portaria publicada hoje concede até 100 toneladas mensais de exportação por empresa que possua estabelecimento de abate e até 50 toneladas mensais por empresa que possua estabelecimento de processamento de carne bovina para exportação das vacas categoria D e E em conserva. Essa destinação será feita até o abate de um total de 140.000 cabeças desta categoria, detalhou a portaria.