12/10/2021 POLTICA

"Os atos terroristas so uma ameaa dignidade humana", disse o presidente Alberto Fernndez perante um frum do G20

O presidente Alberto Fernndez afirmou hoje que "os atos terroristas no s constituem uma ameaa paz, mas so uma ameaa dignidade humana", quando discursava em uma cpula de lderes do G20 sobre o Afeganisto.

Fernández participou virtualmente da Reunião Extraordinária de Líderes do G20 sobre o Afeganistão, convocada pelo presidente do Conselho de Ministros da Itália, Mario Draghi, com o objetivo de fortalecer a coordenação internacional para responder às necessidades humanitárias de sua população e o respeito aos direitos humanos.

O presidente Alberto Fernández
O presidente Alberto Fernndez

“Reiteramos o apelo a todos os atores políticos no Afeganistão para que respeitem plenamente os direitos humanos, adotando medidas urgentes para proteger as pessoas em risco iminente, principalmente as mulheres, meninas e meninos, prestando atenção à situação dos refugiados e deslocados internos, pessoas LGBTIQ + e outros grupos em situações vulneráveis”, disse o chefe de Estado durante sua intervenção na cúpula.

Além do primeiro-ministro da Itália, participaram os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden; da Turquia, Recep Tayyip Erdo; da França, Emmanuel Macron; da Espanha, Pedro Sánchez; e da Indonésia, Joko Widodo; a Chanceler da Alemanha, Angela Merkel; e os primeiros-ministros da Austrália, Scott Morrison; do Canadá, Justin Trudeau; e da Índia, Narendra Modi.

Também o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel; a Presidente da Comissão Europeia, Úrsula von der Leyen; a diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva; o Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres; e a máxima autoridade do Banco Mundial, David Malpass.