20/07/2021 POLTICA

Chanceler Felipe Sol destaca que exportaes bateram recorde nos cinco primeiros meses do ano

A Argentina bateu um novo recorde de exportaes nos primeiros cinco meses deste ano e, mesmo em pandemia, conseguiu atingir os valores registrados em 2014, segundo divulgou hoje o ministro das Relaes Exteriores, Felipe Sola.

“Apesar da pandemia, nos primeiros cinco meses deste ano atingimos recorde de exportações, chegando aos níveis de 2014. Metade do mandato, compromisso inteiro”, publicou Solá em sua conta no Twitter.

O chanceller Felipe Solá
O chanceller Felipe Sol

Acrescentou que no Ministério das Relações Exteriores “uma das primeiras medidas que nós tomamos foi a de criar o Conselho Público-Privado para a Promoção de Exportações, com a proposta de trabalharmos lado a lado com o setor privado na definição de estratégias e agendas para inserção internacional".

Ele especificou que “junto com 240 câmaras e entidades ligadas ao comércio exterior, que reúnem 18.300 empresas pertencentes a 68 complexos exportadores argentinos, desenhamos mais de 500 ações no exterior para que a Argentina possa oferecer suas capacidades e soluções ao mundo”.

Destacou que o compromisso da gestão do governo presidido por Alberto Fernández é "manter esta tendência exportadora e projetar capacidades produtivas". E concluiu: “para isso continuaremos trabalhando no Ministério das Relações Exteriores e em cada uma das representações argentinas no exterior. Com o setor privado e com todas as províncias”.