13/05/2021 POLTICA

O presidente Fernndez se reuniu a ss com o Papa, o qual manifestou a sua ideia de "apoiar em tudo o que puder"

O presidente Alberto Fernndez manteve hoje um encontro a ss com o papa Francisco no Vaticano, no qual dialogaram sobre os "problemas que acometem" ao mundo, regio e Argentina como a pandemia de Covid-19, e na qual o pontfice manifestou "a sua ideia de apoiar" a Argentina "em tudo o que puder".

"Foi um lindo encontro. Falamos sobre todos os problemas que acometem o mundo e a Argentina. Como sempre, ele com sua grande predisposição para nos ajudar. Eu comentei a ele o que nós estávamos fazendo, como avançamos nas negociações (com os organismos de crédito) e ele, como sempre faz, me manifestou a sua ideia de nos apoiar em todo o que puder", disse o mandatário em declarações para a imprensa argentina que acompanha a viagem pela Europa.

O Presidente Alberto Fernández com o Papa Francisco
O Presidente Alberto Fernndez com o Papa Francisco


O encontro a sós com o Papa foi ampliado durante 25 minutos no estúdio privado da Aula Paulo VI, e formou parte de uma viagem que também incluiu reuniões com os máximos mandatários de Portugal, Espanha, França e Itália.

Depois do encontro, o Vaticano destacou as "boas relações bilaterais" com a Argentina durante a reunião que Fernández manteve com o secretário de Estado, Pietro Parolin, depois do encontro que o mandatário compartilhou com o Papa.

A delegação oficial está integrada, além de Yañez, com o chanceler Felipe Solá; o ministro da Economia, Martín Guzmán; o secretário-geral da Presidência, Julio Vitobello; o secretário de Culto, Guillermo Oliveri; o secretário de Assuntos Estratégicos, Gustavo Beliz; e o secretário de Comunicação e Imprensa, Juan Pablo Biondi.