12/05/2021 ECONOMIA

Mineira canadense anuncia "excelentes resultados" na extrao piloto de ltio em Salta

A companhia canadense Alpha Lithium Corporation anunciou um excelente resultado sobre os estudos de extrao direta de ltio em pequena escala, realizados no deserto de sal de Tolillar, na provncia de Salta (noroeste), por parte de uma equipe de reconhecidos especialistas em processamento de salmoura de ltio.

Mediante metodologias, equipamentos e produtos padronizados foram atingidas medidas muito baixas de impurezas como magnésio, cálcio, potássio, sulfatos e boro, com o objetivo de aperfeiçoar o processo, visando “atingir maior concentração de lítio no futuro, e produzir amostras de carbonato e hidróxido de lítio”, destaca o comunicado emitido em Vancouver, Canadá.

Salares de lítio
Salares de ltio


A empresa referiu que confia em produzir carbonato e hidróxido de lítio, a partir da salmoura de Tolillar, para o qual tem previsto proporcionar uma atualização adicional e os resultados da produção respectiva no próximo mês.

Brad Nichol, presidente e diretor executivo da Alpha Lithium, destacou que a “concentração bem-sucedida da salmoura, que é o primeiro passo do diagrama de todo o fluxo de produção de lítio, é muito alentadora e definitivamente superou nossas expectativas”.

A Tolillar ,“que pode ser um dos últimos salares de lítio da Argentina sem desenvolver ainda”, segundo destaca a empresa em seu site, abrange 27.500 hectares, contíguas a outros projetos como os das companhias Galaxy Lithium, Livent e Posco no Salar do Hombre Muerto; Orocobre no salar Olaroz; Eramine SudAmerica S.A. no salar do Centenário; e Gangfeng e Lithium Americas, no salar de Cauchari.