06/05/2021 POLTICA

Alberto Fernndez pede construir uma Argentina "harmnica e equilibrada" que evite o "desenraizamento"

O presidente Alberto Fernndez pediu hoje para construir uma Argentina "harmnica e equilibrada", dizendo estar "obcecado" com a procura desse objetivo, afirmando que devemos deixar atrs a "prtica ruim" de "fazer tudo o possvel para aprofundar o desencontro".

"São tempos difíceis nos quais parece que nós estamos enfrentados em lados diferentes e não somos capazes de atravessar a rua para ver em que lugar podemos nos encontrar", afirmou o mandatário quando lançou -em forma virtual -  a “Convocatória de projetos para o Desenvolvimento Harmônico com Equilíbrio Territorial”, uma iniciativa promovida pelo Conselho Econômico e Social (CES).

O Presidente Alberto Fernández
O Presidente Alberto Fernndez


Segundo informações oficiais, com esta convocatória o objetivo é "identificar e fortalecer projetos que promovam a geração de emprego em localidades pequenas através de propostas sustentáveis, escaláveis e que demonstrem a maturidade necessária para atrair e conservar a população economicamente ativa".

Durante o ato realizado no ex-Hotel dos Imigrantes de Buenos Aires -hoje Museu da Integração- o presidente apontou que quando "olhamos para trás" na história nacional pode ser percebida "a importância" de um debate que leva muitos capítulos, no qual o centro portuário se transformou em um polo de atração para a vida e a subsistência de milhões de argentinos.