16/04/2021 ECONOMIA

Aumento de preos internacionais "bateu forte" no primeiro trimestre, afirma ministro do Desenvolvimento Produtivo

O ministro do Desenvolvimento Produtivo, Matas Kulfas, explicou hoje que o aumento dos preos internacionais "bateu forte" no registro inflacionrio do primeiro trimestre (13%), devido incidncia do dlar em uma "economia bimonetria" como a da Argentina.

"É uma situação difícil porque tivemos um primeiro trimestre de inflação muito alta. Temos que levar em conta que foi gerada uma aceleração dos preços internacionais, por exemplo, as matérias primas aumentaram 14% no primeiro trimestre e acumulam um aumento de 34% desde setembro do ano passado", apontou.

O ministro do Desenvolvimento Produtivo, Matías Kulfas
O ministro do Desenvolvimento Produtivo, Matas Kulfas


O funcionário mostrou sua preocupação pela incidência do "aumento de preços mais importante nos últimos anos, em uma economia bimonetária que tem o dólar como uma referência".

O Indec anunciou ontem que o Índice de Preços ao Consumidor aumentou 4,8% em março, principalmente pela incidência dos aumentos dos preços regulados e do movimento registrado pelos chamados sazonais. Com este aumento, a inflação no varejo do primeiro trimestre atingiu 13%, e nos últimos doze meses aumentou 42,6%.

Sobre o papel do setor privado na evolução dos preços e do abastecimento, solicitou uma resposta de "acompanhamento, porque as circunstâncias que estamos vivenciando são muito difíceis. Nós vemos um número da pobreza que dói, por isso é importante que as condutas privadas possam se enfileirar com os objetivos de enfrentar a pandemia e reduzir a pobreza".