16/04/2021 POLTICA

Cidade de Buenos Aires apresentar recurso na justia contra novas medidas de restrio do governo nacional

O chefe de Governo da Cidade de Buenos Aires, Horacio Rodrguez Larreta, antecipou hoje que a Cidade apresentar um recurso perante a Corte Suprema (equivalente ao STF) contra o encerramento temporrio das escolas, determinado por duas semanas pelo Governo nacional para conter a segunda onda de Covid-19, embora pedisse uma instncia prvia de dilogo com o presidente Alberto Fernndez.

Por sua vez, a máxima autoridade da Cidade de Buenos Aires - a qual teve na segunda-feira o pico máximo de casos desde que a pandemia começou, com 3.358 contágios - rejeitou a mobilização do Exército e das forças federais nas ruas portenhas entre as 20 e as 6, "caso isto não estiver coordenado e ajustado às leis vigentes".

O chefe de Governo da Cidade de Buenos Aires, Horacio Rodríguez Larreta
O chefe de Governo da Cidade de Buenos Aires, Horacio Rodrguez Larreta


Ao mesmo tempo, no relatório diário divulgado hoje sobre a situação sanitária de Covid-19 na Cidade, foram registrados 3.063 novos casos e 42 falecidos; e a ocupação de leitos da terapia intensiva no sistema público é de 53,5%, significando 241 dos 450 que existem em todo o distrito da capital.

Após o anúncio realizado ontem, o Presidente defendeu hoje a decisão de suspender temporariamente, durante quinze dias, as aulas presenciais, e quando consultado se dialogou sobre o assunto com Rodríguez Larreta, o presidente respondeu: "Não falei sobre isso", mas apontou que "sempre" manteve diálogo com o chefe do Executivo da Cidade de Buenos Aires.