14/04/2021 ECONOMIA

Ministro da Economia se reuniu com o Papa na viagem oficial pela Europa

O ministro da Economia, Martn Guzmn, se reuniu hoje 45 minutos com o Papa Francisco no Vaticano, como parte da visita a Roma, onde depois se encontrar com seu homlogo italiano Daniele Franco, em uma nova etapa da viagem europeia, iniciada no final de semana para conseguir apoios na reestruturao da dvida externa.

Durante a reunião, o Ministro e o Pontífice abordaram a situação da dívida que a Argentina deve enfrentar com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e com o Clube de Paris, com fortes pedidos do Papa para que os organismos internacionais avancem em uma "redução significativa da dívida" dos países mais empobrecidos.

O ministro da Economia, Martín Guzmán, como o Papa Francisco no Vaticano
O ministro da Economia, Martn Guzmn, como o Papa Francisco no Vaticano


O ministro Guzmán chegou a Roma na última hora da terça-feira, acompanhado pelo diretor perante o FMI para a Argentina e o Cone Sul, Sergio Chodos, e a chefa de gabinete do Ministério da Economia, Melina Mallamace, depois de passar por Berlim e antes de continuar a viagem por Madri e Paris.

A visita do Ministro da Economia pela Itália está inserida na viagem pelo continente europeu, onde manteve e terá encontros com os ministros da Economia e Finanças da Alemanha, Itália, Espanha e França, para dialogar sobre a renegociação do programa argentino com o FMI e a dívida com o Clube de Paris, entre outros pontos de interesse comum.

A Argentina começa uma negociação com o FMI para atingir um novo programa de financiamento da dívida por US$ 45 bilhões, tomada durante o Governo de Mauricio Macri. Ao mesmo tempo, em maio vence o prazo com o Clube de Paris para o pagamento de um compromisso de aproximadamente US$ 2.5 bilhões.