09/04/2021 POLTICA

Governo nacional prope adiar um ms as eleies primrias PASO e as legislativas pela pandemia

O Governo nacional anunciou hoje que apresentar o esboo do texto-base para adiar os comcios primrios, PASO, previstos para agosto, at 12 setembro e os comcios legislativos para 14 novembro, devido pandemia de Covid-19, informou o ministro do Interior, Eduardo de Pedro, aps uma reunio no Congresso, com lderes parlamentares da principal fora da oposio, Juntos por el Cambio.

"Amanhã apresentaremos um esboço que adia por um mês as datas dos comícios para discutir com as diferentes forças", acrescentou de Pedro, detalhando que as primárias PASO poderiam ser no dia "12 de setembro" e os comícios gerais "em 14 de novembro". As eleições para as PASO estavam inicialmente previstas para o dia 8 de agosto e os comícios gerais para outubro.

Eleições primárias, abertas, simultâneas e obrigatórias (PASO)
Eleies primrias, abertas, simultneas e obrigatrias (PASO)


"Levando em conta a segunda onda, e o que foi determinado pelo calendário eleitoral vigente, o que nós discutimos é que seria ótimo começar a debater o atraso da eleição pelo menos um mês. Nós entendemos que é um mês mais de vacinação, o qual é importante", manifestou o ministro para a imprensa.

Na reunião com o funcionário, realizada no Salão de Honor da Presidência da Câmara dos Deputados, participou a máxima autoridade da referida Câmara, Sergio Massa, a vice-presidenta do bloco Frente de Todos, Cecilia Moreau; a secretária parlamentar do referido bloco, Cristina Alvarez Rodríguez, e os chefes parlamentares que conformam Juntos por el Cambio: Mario Negri (UCR), Cristian Ritondo (Pro) e Juan Manuel López (Coalición Cívica).

Em sintonia com o ministro De Pedro, Massa apontou: "A gente se sentou para procurar um acordo com duas premissas. A primeira, cuidar a saúde dos argentinos. E a segunda, ter regras e transparência no funcionamento institucional do processo eleitoral e do seguimento da pandemia na segunda onda".