01/04/2021 ECONOMIA

Argentina procura apoio da China nas negociaes com o FMI

A Argentina comeou a procurar apoio da China, um dos maiores scios comerciais e de investimentos do pas, para atingir um acordo nas negociaes com o Fundo Monetrio Internacional (FMI), informou a embaixada argentina no pas asitico.

O embaixador argentino na República Popular da China, Sabino Vaca Narvaja, manteve uma reunião com altos funcionários do governo chinês, "com o objeto de pedir o apoio do referido país nas negociações realizadas pelo governo nacional com o FMI para a ampliação de prazos e a redução de taxas no pagamento da dívida", segundo informou a Embaixada da Argentina na China.

O embaixador Sabino Vaca Narvaja e o funcionário chinês Cai Wei
O embaixador Sabino Vaca Narvaja e o funcionrio chins Cai Wei


Vaca Narvaja se reuniu com o diretor-geral do Departamento para a América Latina e o Caribe do Ministério das Relações Exteriores da China, Cai Wei, levando a mensagem do Governo argentino para poder atingir um acordo que lhe permita refinanciar os 45 bilhões de dólares de dívida, gerados por um empréstimo solicitado pela administração do ex-presidente Mauricio Macri em 2018.

Nesse sentido, "o embaixador argentino pediu o apoio da República Popular da China nas negociações que a Argentina vem realizando com o FMI para conseguir uma reprogramação de vencimentos e redução de taxas, ainda mais tendo em vista que em outubro será realizada a reunião anual do FMI e será apresentada novamente a eliminação de sobretaxas na mesa de negociações", referiu um porta-voz da embaixada.